BR - Transpetro
img-quemsomos

Estrutura Organizacional

Para melhor atender às demandas de logística em transporte e gerir seus processos internos de forma mais eficiente, a Transpetro é composta por quatro diretorias que garantem a melhor gestão das áreas de negócio da companhia: Serviços; Financeiro; Transporte Marítimo e Dutos e Terminais.

iconPDFConfira o organograma.

Administração

Antonio Rubens Silva Silvino

Presidente (e Diretor Financeiro interino)
Empregado de carreira do Sistema Petrobras, Rubens ingressou na Petrobras Distribuidora em 1976. Exerceu funções gerenciais em áreas como Marketing, Comercialização e Planejamento, até assumir a presidência da Liquigás, em 2006, época em que essa subsidiária era vinculada à BR. Em 2012, a Liquigás passou a ser ligada diretamente à área de Abastecimento da Petrobras. Rubens permaneceu à frente da Liquigás até abril de 2014, quando passou a ocupar a Gerência Executiva Corporativa do Abastecimento.

O presidente da Transpetro é formado em Economia pela Faculdade de Ciências Econômicas e Comerciais de Santos (SP) e pós-graduado em Administração de Empresas, pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP/FGV). Tem especialização pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, e pelo Programa de Gestão Avançada da escola de negócios francesa INSEAD, em parceria com a Fundação Dom Cabral.

Gilberto Moura da Silva

Diretor de Serviços
Graduado em engenharia química pela Universidade Federal do Rio e Janeiro, Gilberto Moura da Silva é especializado em Gestão Estratégica pela Universidade Federal de Minas Gerais e em Engenharia da Qualidade pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais. Com 38 anos de experiência profissional na Petrobras, 35 deles em funções gerenciais, ele foi coordenador, gerente setorial, gerente geral e diretor em unidades da companhia no Brasil, Argentina e Bolívia. Desde maio de 2016, atuava como gerente geral na Refinaria Alberto Pasqualini (Refap/RS).

Paulo Penchiná Cortines Pereira

Diretor de Dutos e Terminais
Formado em Engenharia, tem pós-graduação em Gestão Empresarial. No Sistema Petrobras desde 1984, Penchiná já foi auditor e instrutor do Processo de Gestão de Qualidade da Petrobras e desempenhou funções gerenciais nos Terminais Aquaviários da Baía de Guanabara, no Terminal de Angra dos Reis e na Sede (RJ), onde foi gerente executivo de Oleodutos, gerente executivo de Terminais Aquaviários e gerente executivo de Desenvolvimento de Logística par a o Pré-sal.

Rogério Fernandes Figueiró

Diretor de Transporte Marítimo
Bacharel em Ciências Náuticas pela Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, possui MBA em Portos e Logística, pela Universidade Gama Filho, e em Desenvolvimento Gerencial, pela Fundação Dom Cabral. Está no Sistema Petrobras desde 1979, tendo atuado por 12 anos a bordo dos navios da companhia como oficial de Máquinas até chegar ao cargo de chefe de Máquinas. Exerce funções gerenciais no Transporte Marítimo desde 1992, em atividades como gestão de pessoal marítimo (RH), gestão portuária e operação da frota. Nos últimos cinco anos, ocupou o cargo de gerente geral de Transporte e Armazenamento da área de Logística da Petrobras.

Conselho de Administração (CA)

Regimento interno do CA da Transpetro

Jorge Celestino Ramos (Presidente)

Formado em Engenharia Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e em Engenharia de Processamento de petróleo pelo Centro de Especialização em Engenharia de Produção (Cenpro), da Universidade Estadual Paulista (Unesp), com especialização em tecnologia de produção de álcool pela Coppe/UFRJ e MBA em Administração e em Marketing.

Foi diretor de Abastecimento de fevereiro de 2015 a março de 2016. Ingressou na Petrobras em 1983 e, entre as funções que já desempenhou na companhia estão a de gerente de Comercialização da Refinaria Isaac Sabbá (Reman), de 1996 a 1999. Nesse mesmo ano assumiu a Gerência Executiva de Operações da Petrobras Distribuidora, permanecendo até 2002. Em seguida, foi nomeado gerente executivo Industrial da Fábrica de Lubrificantes da Petrobras Distribuidora, onde ficou até 2003. Ocupou mais duas funções na Petrobras Distribuidora: gerente da Regional Consumidor Leste, de 2003 a 2005, e gerente de Marketing de Indústria e Térmica, de 2005 a 2007. Ainda em 2007, retornou à função de gerente executivo de Operações da subsidiária, permanecendo até 2014, quando voltou ao Abastecimento, assumindo a Gerência Executiva de Logística.

Hugo Repsold Junior (Conselheiro)

Nasceu em 23 de julho de 1959 na cidade do Rio de Janeiro. Graduou-se em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 1983. Concluiu especialização em Engenharia de Petróleo, pelo antigo Setor de Ensino da Petrobras, em 1985. Também se formou em Economia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), em 1995. Em 2003, concluiu mestrado em Planejamento Energético pelo Programa de Planejamento Energético da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/PPE/UFRJ).

É diretor executivo de Desenvolvimento da Produção e Tecnologia (DP&T) desde janeiro de 2018. Foi diretor executivo de Recursos Humanos, SMS e Serviços de 2016 a 2018, e diretor de Gás e Energia, de fevereiro de 2015 a março de 2016. Desde 1985 integra o quadro de empregados da Petrobras. Dedicou seis anos às operações de produção na Bacia de Campos, seguidos de oito anos em atividades internacionais de exploração e produção na extinta Braspetro. Ocupou a Gerência Executiva Corporativa da área de Gás e Energia entre 2012 e 2015, depois de comandar, em 2011, a Gerência Executiva de Desempenho Empresarial e a Gerência Executiva de Estratégia, na mesma área. Antes, atuou em diversas posições gerenciais no E&P Corporativo desde 1999, até chegar à Gerência Geral de Estratégia e Gestão de Portfólio do E&P, que liderou de 2006 a 2010.

Alfredo Rival Blanco (Conselheiro)

Formado em Desenho Industrial e Engenharia Civil, com MBA pela FIA/USP, construiu a sua carreira na Petrobras Distribuidora, onde foi admitido em 1978 e trabalhou por 35 anos nas áreas financeira, de operações e de logística.

Por 30 anos ocupou funções de liderança na BR. Entre 1983 e 2000, gerenciou bases e terminais de distribuição de combustíveis em São Paulo, com ênfase, nessa época, em projetos pioneiros de automação industrial, programas de qualidade total e certificações ISO 9000.  Posteriormente, em 2002, depois de passagem pela Sede da companhia como assistente do diretor de Operações, retornou ao campo para gerenciar a regional sul de Operações, que compreendia 30 bases, 400 pessoas na força de trabalho e era responsável por 40% do volume dos produtos movimentados pela BR. Nessa época, grande energia foi gasta na implantação do sistema SAP/R3, paralelamente aos programas de SMS e consolidação dos programas de qualidade.

Em 2005, retornou à Sede para assumir a gerência de Inteligência Logística, deixando como principal marca o primeiro plano diretor de Logística da BR, elaborado em função dos planos de negócios das áreas comerciais que apresentavam crescente projeção da demanda de combustíveis. Em 2010 assumiu a gerência de Instalações Operacionais para acompanhar a execução do plano de investimentos na infraestrutura logística, priorizando as obras previstas no plano diretor, anteriormente traçado, que permitiram além da entrada de novos produtos no mercado, como o diesel S-10, evitar o temido "apagão logístico" no abastecimento de combustíveis no país.

Ao longo desse tempo, teve a oportunidade de atuar direta e/ou indiretamente no planejamento estratégico, avaliação de negócios, aquisições/incorporações, reestruturações organizacionais, planejamento de logística, gestão orçamentária e de recursos humanos, participando de diversos grupos de trabalho e comitês na BR e no Sistema Petrobras, mantendo relacionamento com agências reguladoras e sindicatos do setor.

De acordo com o programa de educação continuada da BR, realizou diversos cursos, seminários e palestras patrocinados pela empresa, com destaque para UFRJ/COPPEAD - Sistemas de Gestão (2001) e COPPEAD - Logística Empresarial para Alta Gerência (2001) e mesmo depois de aposentado (2014) continuou participando de cursos, por conta própria, para se manter atualizado, IBEFRio - A Capacitação Básica do Conselheiro - RJ (2016), IBGC - Melhores Práticas de Governança Corporativa - RJ (2017), KPMG - Seminário INFRA 2038 - SP (2018), IBGC - Compliance e Governança - SP (2018), nas áreas de governança, gestão e logística.

Guilherme José Macedo Pinheiro de Lima (Conselheiro)

Fabiana Graças Silva dos Anjos (Conselheira representante dos empregados)

Edson Leonardo Daléscio Sá Teles (representante do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão - MPDG)

Formado em Administração de Empresas pela Universidade de Brasília (UnB) e em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB). Ocupa o cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União.

Foi Coordenador-Geral de Monitoramento de Processos Disciplinares, Coordenador-Geral de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Corregedor Adjunto da Área Social e Secretário de Controle Interno da Secretaria de Governo da Presidência da República. Atualmente ocupa o cargo de Conselheiro/Coordenador do Conselho de Supervisão do Regime de Recuperação fiscal do Estado do Rio de Janeiro.

Marco Antônio Mayer Foletto (Conselheiro Independente)

Pós-graduação em Gestão de Negócios Globalizados pelo IBMEC/SP (2008). Pós-graduação em Gestão Empresarial pela UFRGS (2006). Graduado em Ciências Contábeis pela UFRGS (2001).  Experiência profissional construída, no Brasil, México, EUA e Índia, em empresas multinacionais dos segmentos de autopeças, aviação, máquinas e equipamentos, siderurgia e tecnologia, atuando em Auditoria Interna, Gestão de Riscos, Compliance, Controladoria e Finanças, atuando hoje em desenvolvimento de negócios com foco em inovação e tecnologia. Atualmente  ocupa os cargos de Conselheiro de Administração Independente no Banrisul e de Coordenador /Membro Independente do Comitê de Auditoria Estatutário da Corsan.

Exerceu as seguintes funções: Conselheiro Fiscal no INDG S.A. (Falconi Consultores de Resultados) de 2015 a 2017. Diretor Financeiro na Superbac Biotech (2016). Diretor de Auditoria na CSN (2015-2016). Diretor Financeiro na RSB Transmissions (2014-2015). Conselheiro de Administração (2012-2014) e Controller  (2011-2014) na Gerdau Índia,  Diretor de Auditoria na TAM (2009-2010). Gerente Geral Corporativo de Auditoria Interna na Gerdau (2004-2009). Gerente Global de Compliance - Holanda e México (2003-2004) e Gerente Sênior de Finanças, Logística e Compras (2002-2003) na York International. Controller de Custos na Dell (1999-2002). Controllerna Iochpe-Maxion (1992-1998).

Rawflin Praia Bezerra (Conselheiro Independente)

Formado em Engenharia Civil e Economia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), concluiu Especialização em Engenharia de Equipamentos pelo CenSud /UFRJ e Especialização em Gestão da Qualidade e Produtividade pela UFRGS/Fucapi. Adicionalmente possui mestrado em Management of Technology pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos.

Ingressou na Petrobras em 1986 como engenheiro de Equipamentos, tendo assumido funções de chefe de Setor de Manutenção, chefe de Setor de Inspeção de Equipamentos e chefe de Divisão de Engenharia, quando atuou no desenvolvimento do projeto de aproveitamento do gás de Urucu (AM). Após o mestrado retornou ao país para juntar-se ao time da McKinsey & Co, trabalhando em consultoria estratégica para o setor de Oil&Gas, entre outros.

Trabalhou nas empresas SAP, Oracle e Software AG sempre focando nas iniciativas tecnológicas e desenvolvimento de estudos de caso para os setores de Oil&Gas e Energia Eletrica. Possui experiência com empreendedorismo corporativo tendo inclusive gerido start-up de tecnologia. É socio em empresa de consultoria educacional internacional para crescimento profissional, onde também dedica-se a projetos de inovação tecnológica.

Conselho Fiscal (CF)

Regimento interno do CF da Transpetro

Titulares:
Jeferson Gustavo Salerno (Presidente)

Gildenora Batista Dantas Milhomem  (Conselheira)

Auditora Federal de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda e contadora com especialização em Administração Pública pela EBAPE/FGV. Atualmente exerce o cargo de Subsecretária de Contabilidade Pública da STN/MF e atua como coordenadora Operacional do Grupo Assessor das Normas Brasileiras de  Contabilidade Técnicas para o Setor Público (GA NBC TSP) do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Preside o Conselho de Administração da Fundação Assefaz e atua como membro-representante do Tesouro Nacional no Conselho Fiscal da Transpetro.

Já exerceu vários cargos dentro da administração pública federal, dentre eles: secretária Geral de Administração da Advocacia-Geral da União; superintendente de Administração e Finanças da Agência Nacional de Aviação Civil; diretora de Gestão Estratégica do Ministério do Turismo; subsecretária de Planejamento, Orçamento e Administração do Ministério da Fazenda. Presidiu ainda, o Conselho de Administração da Casa da Moeda do Brasil (CMB) e da Empresa Gestora de Ativos (EMGEA); foi membro do Conselho Diretor do Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO) e membro do Conselho Fiscal da Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A - Pré-Sal Petróleo S.A (PPSA).

Eduardo Damazio da Silva Rezende (Conselheiro)

Suplente:
Carlos Eduardo Calvão Brust
Jorge Alberto Camarinha Loureiro

Comitê de Auditoria Estatutário (Cae)

Regimento Interno do Cae da Transpetro

Marco Antônio Mayer Foletto (Presidente e Especialista Financeiro)
Gerson Luiz Gonçalves (membro)
Edson Soares Ferreira (membro)

----

O presidente e os diretores atuam na Sede da companhia, situada na Avenida Presidente Vargas, 328, Centro do Rio de Janeiro, e atendem pelo telefone (21) 3211-9000.
 

Páginas Relacionadas:

    Contador de páginas