BR - Transpetro
img_RS

Investimento Social e Ambiental

Projeto Tenda Itinerante V

Modalidade: Patrocínio
Abrangência: Osório, Tramandaí e Imbé - Rio Grande do Sul (RS).
Público: alunos do 4º ano do ensino fundamental de escolas do entorno das instalações da Transpetro.

Objetivo: Incentivar a prática do lazer em todas as suas vertentes, em especial a do lazer como instrumento de educação, de inclusão e de desenvolvimento pessoal. Valorizar as escolas e as comunidades vizinhas ao terminal  A Tenda Itinerante V dará continuidade às ações de educação ambiental, cidadania e desenvolvimento e comunicação com os públicos de interesse da companhia realizadas no Litoral Norte da região Sul.

O projeto tem dois eixos: no primeiro são realizadas quatro oficinas por meio de práticas educacionais, de empoderamento e geração de renda para grupos da comunidade de bairros adjacentes à Transpetro com atividades que desenvolvem o empreendedorismo, o desenvolvimento pessoal, o cultivo de hortas urbanas e o planejamento de negócios. O segundo eixo consiste na realização da Gincana da Sustentabilidade com os alunos do 4º ano do ensino fundamental de 13 escolas municipais localizadas no entorno das instalações da companhia nos municípios de Imbé, Osório e Tramandaí, disseminando o conceito e atitudes relacionadas à sustentabilidade.

 

Cinturão Verde

Modalidade: Convênio
Abrangência: Terminal de São Francisco do Sul (SC) e Rio Grande (RS).
Objetivo: Realizar o plantio de cerca de quatro mil espécies nativas. O projeto conta com horto florestal, trilhas ecológicas, casa de recepção, biblioteca e museu de zoobotânica.

Criado em 2004, o Projeto Ecológico Cinturão Verde localiza-se em uma área contígua ao Terminal de São Francisco do Sul (Tefran), em Santa Catarina, onde ocupa uma área de 70 mil metros quadrados, adquirida pela Petrobras no início dos anos 2000. O local, onde antes havia 56 casas e 174 lotes, hoje é uma imensa área verde, com mais de 12 mil mudas de árvores da Mata Atlântica, entre elas, o pau-brasil, e uma horta comunitária, que tem alimentado jovens e idosos muito além de suas fronteiras. O projeto cresceu e atualmente conta com o horto florestal, uma estufa confeccionada com garrafas pets, os programas Horta Comunitária e Horta Viva e uma infraestrutura formada por 300 metros de trilhas ecológicas elevadas, o Museu de Zoobotânica e a Casa de Recepção. Em 13 anos de atividades, o projeto já atendeu a mais de 25 mil pessoas que, ao visitá-lo, conhecem uma grande área verde, indispensável para a manutenção do equilíbrio ambiental do município.
 

De Olho no Duto


De Olho no Duto

Modalidade: Convênio
Abrangência: 101 comunidades distribuídas entre os estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
Objetivo: Levar artes e cultura para as comunidades vizinhas aos dutos operados pela companhia, intensificando o senso de pertencimento local.
 
O projeto tem como foco principal criar vínculos de confiança entre a Transpetro e os moradores das comunidades e as populações vizinhas às instalações dos dutos, envolvendo crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. O projeto De Olho no Duto realiza suas atividades por meio de um programa de visitas regulares a 39 municípios de quatro estados, Rio Janeiro, São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais, totalizando 101 comunidades contempladas com a realização de 606 atividades artísticas-culturais em seus dois primeiros anos de existência.

Faixa Limpa

Faixa Limpa

Modalidade: Convênio
Abrangência: 51 comunidades em seis municípios vizinhos à malha de dutos no estado de São Paulo.
Objetivo: Educação ambiental por meio de coleta seletiva, descarte adequado de lixo e mutirão de limpeza na faixa de dutos.

O projeto Faixa Limpa é desenvolvido com comunidades estabelecidas ao longo da faixa de dutos Barueri-Utinga (Obati) e tem como objetivo promover a preservação das instalações por meio da educação ambiental e da geração de renda. Até 2020 o projeto atenderá a 51 comunidades situadas nos municípios de São Paulo, Barueri, Osasco, Taboão da Serra, São Bernardo, Diadema, Santo André e São Caetano do Sul.

    Contador de páginas